segunda-feira, 2 de novembro de 2015

PREGADOR OU FAZEDOR DE PARECERES?

O ministro Calvão da Silva lamentou ainda a morte do homem de 80 anos que desapareceu este domingo, a cuja família disse ter apresentado condolências. "Era um homem que já tinha vindo do estrangeiro, tinha 80 anos, fica a sua mulher Fátima", disse o ministro. "Ele, que era um homem de apelido Viana, entregou-se a Deus e Deus com certeza que lhe reserva um lugar adequado".

DN online

Este homem, que dizem (inventaram?) ser ministro - talvez ministro ou pregador de um qualquer culto - é o mesmo que, com uma linguagem deste primarismo, emitiu um parecer abonatório do Salgado?
Balha-me deus! 
Para o seu próprio bem-estar é melhor regressar aos pareceres escritos.

PS - Vale a pena ler e/ouvir mais declarações do dito pregador. É hilariante.

3 comentários:

Kim disse...

Um espanto! Aliás, o homem tem cara de frade.

Henrique Antunes Ferreira disse...

Cunhamigo

Que bestaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Abç

Leãozão

500 disse...

Ó Leãozão, em que catacumbas andas tu?